Caixa Cultural Fortaleza apresenta exposição Barroco Sertanejo, de Stênio Burgos

A Caixa Cultural Fortaleza inaugura, nesta terça-feira (27), a exposição Barroco Sertanejo, mostra individual do artista cearense Stênio Burgos, com curadoria de Denise Mattar. A mostra iniciou seu percurso na Caixa Cultural São Paulo, em janeiro, e seguiu para a Caixa Cultural Salvador e Recife, chegando agora à Caixa Cultural Fortaleza. O projeto tem o patrocínio do Instituto Myra Eliane. 

O título da exposição Barroco Sertanejo surgiu de uma conversa entre o artista e a curadora, e é uma síntese da dualidade de Burgos, criado entre a baianidade de sua mãe e a severidade do sertão cearense de seu pai. Nas palavras de Mattar: “seu trabalho reúne o risco duro e a exuberância cromática, a economia do traço e a profusão da tinta, a contenção e o excesso”.

Para as espaçosas galerias da Caixa Cultural Fortaleza, foram incorporadas novas obras em cada um dos núcleos da exposição. Embora apresente majoritariamente obras realizadas entre 2020 e 2021, a mostra tem como proposta apresentar um caráter retrospectivo, pois alinha, em conjuntos, as principais pesquisas do artista. 

José Stênio Burgos de Macedo nasceu em Crateús, em 11 de abril de 1954, filho do médico cearense Francisco Sales de Macedo e da baiana Sonia Belo Burgos. Desde criança gostava de desenhar. Atualmente, participa do circuito cultural cearense e holandês. Entre suas exposições individuais, destacam-se: “Os Jardins de Nice por Stênio Burgos”, Museu do Ceará, 2006; “Stênio Burgos (Brazilië)”, Centre for Latin American Research and Documentation, Amsterdã,  2009; “Colorido Rozengracht”, Galerie Overstrom, Amsterdã, 2015.  

O Instituto Myra Eliane atua desde 2016, no estado do Ceará, com o objetivo de contribuir na transformação da sociedade por meio da vivência dos valores humanos universais (amor, paz, verdade, retidão e a não violência) na educação infantil.

 

Skip to content