Jandr Reis cria obras para trocar por cestas básicas para famílias vítimas do Covid-19

As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no sistema de drive-thru, no Teatro Amazonas. A ação faz parte da campanha “Amazonas Solidário”.

Obras de uma série inédita do artista plástico Jandr Reis podem ser trocadas por cestas básicas no Teatro Amazonas. A ação faz parte da campanha “Amazonas Solidário”, do Governo do Amazonas, que está arrecadando doações destinadas às famílias em situação de vulnerabilidade durante a pandemia do novo coronavírus.

A série intitulada “Jardim do Céu” consiste em 24 obras baseadas em desenhos do artista feitos em viagens pela Europa que tinham como destaque flores azuis.

“Queria poder contribuir de alguma forma com esse momento que estamos vivendo. A forma que encontrei é com o que sempre gostei de fazer, que é pintar. São obras inéditas que podem ser trocadas no Teatro Amazonas por doações. É uma pequena contribuição, mas é de coração e que espero que ajude famílias nesta pandemia”, declarou Jandr.

As obras estão em papel tamanho A2, que podem ser trocadas por quatro cestas básicas, e em tamanho A4, que equivalem a duas cestas básicas. A entrega das obras é realizada no momento da doação, no Teatro Amazonas.
As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, no sistema de drive-thru (retirada das doações sem que seja preciso sair do carro), para minimizar o contato com os doadores.

Amazonas Solidário

A campanha do Governo do Amazonas reúne as secretarias de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) e Assistência Social (Seas), o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), Cultura e Economia Criativa, e Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur).

Estão sendo arrecadados produtos de limpeza e higiene, colchões, roupas e alimentos.

lém do Teatro Amazonas, o Estado disponibiliza mais dois pontos de arrecadação, na sede da Seas, localizada na avenida Darcy Vargas, 77, Chapada; e no núcleo da Pessoa com Deficiência da Sejusc, na rua Salvador, 456, Adrianópolis.

Fotos: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content