Primeira fase do projeto “Fazenda Escola” termina com mais de 27 mil estudantes beneficiados

Iniciativa do programa Educa+Amazonas, do governo do Estado, alcançou alunos de 187 escolas de Manaus, Iranduba, Novo Airão e Manacapuru

O projeto Fazenda Escola, que integra o programa Educa+Amazonas, do governo do Estado, promoveu a visitação de 27.557 estudantes da rede estadual de educação à Fazenda Santa Rosa, no município de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). Desde março de 2022, estudantes do 3º ao 6º ano do Ensino Fundamental, de 187 escolas, de Manaus, Iranduba, Novo Airão e Manacapuru aprenderam, na prática, as atividades do setor primário, entre elas a criação de animais e plantação de mudas.

As visitas duravam um dia inteiro, e os alunos eram recebidos com café da manhã, depois almoçavam e merendavam, sempre com produtos cultivados no próprio espaço. O tour pela fazenda incluía visita aos viveiros de criação de peixes, plantações e até passeios a cavalo.

A interação dos estudantes com o meio rural possibilitou, na prática, o aprendizado de ciências e de manuseio de recursos naturais, com sustentabilidade e respeito ao meio ambiente.

A secretária estadual de Educação e Desporto, Kuka Chaves, diz que a experiência foi primordial para aproximar os estudantes da natureza e das práticas sustentáveis. “A maioria dos estudantes relatou nunca ter saído do ambiente urbano e vivenciado uma experiência no campo, e proporcionar isso foi um marco para o aprendizado dos quase 28 mil estudantes que passaram pela Fazenda Santa Rosa”, avalia.

Consciência ambiental
Após as visitas, os alunos tinham atividades pedagógicas nas escolas para retratar o que fora aprendido. Cada escola escolhia como trabalhar as atividades, que variavam entre pinturas, desenhos e redações.

A coordenadora do projeto Fazenda Escola, Thelma Prado, aponta que a atividade contribuiu para o processo de construção de um pensamento ambiental responsável nas crianças, além da valorização do meio ambiente.

“Espero que com essa experiência a gente possa, futuramente, ter mais biólogos, veterinários, empresários, pessoas voltadas e preocupadas com a questão ambiental, com a questão de se poder ter um ambiente mais saudável, uma alimentação mais saudável, se preocupar com os animais, se preocupar com o ambiente natural”, descreve.

Além dos estudantes, professores, pedagogos e gestores também participaram das visitas à Fazenda Santa Rosa. A coordenadora expõe suas considerações acerca da participação no projeto.

“Foi um grande aprendizado para nossa equipe da Coordenação de Educação Ambiental (CEA), para as coordenadorias distritais, professores e alunos. Nós tivemos uma atividade totalmente diferenciada quanto a uma prática em uma fazenda para conhecer algumas estações, entender como funcionam essas estações na sua produção, na sua elaboração”, acrescenta Thelma.

Expectativas
Sobre o futuro do Fazenda Escola, a coordenadora conta que a continuação do projeto está em planejamento para contemplar mais estudantes, e assim atender alunos do Avançar, da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e da Educação Especial que ainda não foram beneficiados.

O Fazenda Escola é um dos 13 projetos prioritários do programa Educa+Amazonas, lançado em 2021 pelo Governo do Amazonas e que promove práticas e melhorias para estudantes e profissionais da educação.

FOTOS: Euzivaldo Queiroz/Seduc-AM

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content