Estudantes do interior do Amazonas começam a receber merenda em casa

A secretaria estadual de Educação vai distribuir 223 mil kits do programa ‘Merenda em Casa’ para municípios do interior. A entrega começou pelo município de Iranduba.

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, deu início ao envio de mais de 223 mil kits de alimentos que serão distribuídos para estudantes dos municípios do interior, como parte do programa “Merenda em Casa”. Com isso, nos próximos dias, pais, responsáveis e alunos da rede estadual deverão ser acionados pelas equipes das Coordenadorias Regionais de Educação (CRE) para retirada do benefício na própria unidade de ensino em que o estudante está matriculado.

Desse número, cerca de 137 mil kits serão destinados, inicialmente, a alunos do entorno de Manaus e das calhas dos rios Negro, Médio e Alto Solimões e Madeira. Ainda este mês, a secretaria também começa a atender as regiões do Baixo Amazonas e do Baixo Solimões. Ao todo, além de Manaus, 32 municípios serão atendidos com kits produzidos na capital.

Na última sexta-feira (08/05), foram enviados mais de 5 mil kits para o município de Iranduba. “Além dos kits, também iniciamos a organização dos pontos de apoio e distribuição na cidade. Iranduba vai ser o primeiro município a iniciar esse processo. Estamos saindo da capital já com os kits prontos para facilitar os trabalhos das equipes”, explicou a secretária executiva adjunta do Interior, Ana Maria Araújo.

Região Metropolitana

De acordo com o coordenador de Logística da Seduc, José Venâncio, essa é a terceira fase do programa e deverá beneficiar 33 municípios do interior. “Começamos a encaminhar para Iranduba nesse exato momento. Os caminhões estão fazendo abastecimento para Iranduba e também vamos começar a chegar em Manacapuru e Novo Airão”, informou.

Pelo cronograma da equipe de logística da Seduc, responsável pela distribuição, outros onze municípios da Região Metropolitana serão beneficiados nesta terceira fase: Manacapuru, Itacoatiara, Autazes, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Novo Airão, Manaquiri, Itapiranga e Silves.

Em Iranduba, os kits serão entregues para estudantes de todas as modalidades. Em torno de 5,6 mil alunos serão beneficiados, dentre eles pessoas de baixa renda, pessoas que estão nas comunidades, pessoas que moram em zona rural, nas comunidades ribeirinhas e que hoje estão na dependência de receber ajuda do governo.

Os próximos municípios beneficiados Manicoré, Humaitá, Borba, Novo Aripuanã, Tefé, Alvarães, Uarini, Barcelos, Parintins, Maués, Barreirinha, Urucurituba, Boa Vista do Ramos, Nhamundá, Urucará, Coari, Codajás, Anori, Caapiranga e Anamã, localidades do Baixo Amazonas e Baixo Solimões.

Entrega

No interior do estado, diferente da capital, não há a necessidade de cadastramento dos alunos por meio do aplicativo Sasi. Cada Coordenadoria Regional está fazendo o levantamento do quantitativo de estudantes por turma, com suas respectivas matrículas. Logo, estando devidamente matriculado, o estudante receberá, automaticamente, o benefício do “Merenda em Casa”. Será um por matrícula.

Com relação aos prazos, pais ou responsáveis devem ficar atentos e no aguardo. Cada unidade de ensino informará, por meio de TV, rádio e mídias digitais, os dias e horários em que os kits serão entregues. As datas serão previamente agendadas e informadas pelas escolas.

O benefício do “Merenda em Casa” será distribuído na própria escola do aluno. Serão beneficiados estudantes de todas as modalidades de ensino.
No ato do comparecimento para recebimento do kit, os pais ou responsáveis por alunos menores de idade devem apresentar um documento oficial (RG, CNH, CTPS) ou certidão de nascimento para comprovar o parentesco. Caso o estudante seja maior de idade, ele poderá receber o seu benefício mediante seus documentos de identificação.

Ainda no momento do recebimento, será necessária a assinatura de uma cautela, atestando a quantidade dos itens recebidos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content