Sidney Leite critica demora nos repasses do Ministério da Saúde para combate ao Covid-19 no Amazonas

Estado tem uma das situações mais graves do País. Mais de 8 mil casos confirmados da doença e quase 600 mortes e recebeu um pouco mais de R$ 70 milhões

O Deputado Federal Sidney Leite (PSD) criticou a atuação do Ministério da Saúde que até agora só repassou aos estados apenas 12% dos R$ 21,3 bilhões reservados para enfrentamento da pandemia de covid-19, conforme uma matéria do portal poder360.

“Em meio a pior crise sanitária e econômica da história do nosso estado e do nosso país a incapacidade de gestão do Ministério da Saúde é impressionante. O dinheiro está parado em Brasília enquanto nosso povo está nas filas e nossos médicos sem equipamentos”, desabafou o parlamentar.

Segundo Sidney Leite, o Amazonas vive provavelmente a pior crise da sua história, onde o sistema de saúde está em colapso e as pessoas estão morrendo sem sequer conseguir ser atendidas. “Não há nem espaço suficiente para enterrar as vítimas da covid-19. São mais de 8.000 casos confirmados e quase 600 mortes em todo o estado, fora todos os casos que não estão nas estatísticas oficiais. Num quadro como esse o mínimo que se deve esperar do governo federal é um trabalho sério e rápido”, critica.

Da redação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content