Redução do ICMS para produtos vendidos em farmácias incentiva geração de empregos, destaca Wilson Lima

Candidato à reeleição, governador falou do incentivo durante visita à Distribuidora Tapajós, na zona Leste de Manaus

O pré-candidato à reeleição, governador Wilson Lima (União Brasil), declarou hoje, 11 de agosto, que a redução de impostos para a aquisição de produtos farmacêuticos tem impulsionado a abertura de farmácias e a criação de novos postos de trabalho. Wilson visitou as instalações da Distribuidora Tapajós, no bairro Coroado, zona leste de Manaus, que atua no varejo e atacado e emprega mais de 3 mil funcionários. Para o ano que vem, o grupo vai expandir de 12 para 20 lojas.

O crescimento do setor no Amazonas foi impulsionado por um decreto assinado pelo governador Wilson Lima ainda em 2019, que estabelece a redução da base de cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), cobrado sobre as aquisições interestaduais de produtos farmacêuticos.

“A gente vê o quanto essa atividade conseguiu se desenvolver, o quanto tem sido forte. Isso é resultado daquela construção que a gente fez lá atrás, de redução de ICMS, para dar condições ao empresário do Amazonas que está aqui investindo. Só esse grupo emprega aproximadamente 3 mil pessoas. Imagina o quanto isso é importante para a nossa sociedade, o quanto de oportunidade nós estamos dando para a população do estado do Amazonas’, destacou Wilson Lima.

O Amazonas registrou alta de 35% no número de novas farmácias instaladas no estado, de 2020 para 2021. De acordo com dados da Junta Comercial do Amazonas (Jucea), 277 novas empresas do ramo farmacêutico foram constituídas no estado em 2020. No ano passado, o número foi ainda maior: 376 novos estabelecimentos.

“O Governo Estadual foi muito sensível em colocar o jogo igual para todas as empresas no segmento no momento em que ele equiparou os incentivamos em relação aos demais estados. Isso tem sido muito importante para o setor e toda a cadeia de distribuição de medicamentos do Estado do Amazonas”, disse Pedro Garcez, sócio fundador do grupo.

Fotos: Alex Pazuelo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content