Queda na imunização, aumenta risco de uma pandemia de sarampo no Brasil

Com a volta do sarampo e baixa cobertura vacinal, Brasil vive sob risco de uma epidemia da doença. No Amazonas, após dois anos, a Fundação de Vigilância em Saúde confirmou um novo caso de sarampo, registrado em Manacapuru, a 101 quilômetros da capital em uma criança de um ano de idade, sem histórico de vacinação.

No Momento Saúde desta terça-feira (19/07), o médico Euler Ribeiro, alerta para a importância da vacinação contra o sarampo. A vacina Tríplice Viral é a única forma de prevenção contra a doença e, nos últimos seis anos, o Amazonas vem apresentando coberturas abaixo de 95%, que é a meta estabelecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Ministério da Saúde, por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI).

O sarampo é uma doença viral, infecciosa aguda, potencialmente grave, transmissível e extremamente contagiosa. A doença pode sustentar transmissão ampla, capaz de registrar surtos explosivos e afetar todas as faixas etárias.

Veja o podcast

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content