Número de passageiros cresce 398% em janeiro no transporte rodoviário intermunicipal no Amazonas

Dados são da Arsepam apontam que os destinos mais procurados pela população em janeiro, com saída de Manaus, foram Manacapuru, Iranduba, Itacoatiara, Presidente Figueiredo e Novo Airão

O número de passageiros que utilizaram o serviço de transporte rodoviário intermunicipal, para sair de Manaus e acessar outros municípios do estado do Amazonas, foi de 46.373 em janeiro de 2022. O dado, segundo a Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados e Contratados do Amazonas (Arsepam), representa um crescimento de 398,09% em relação ao mesmo período do ano passado, com 9.310 passageiros.

De acordo com o Departamento de Transporte Rodoviário (DETR) da Arsepam, o aumento foi motivado devido à flexibilização na circulação de pessoas. Em janeiro de 2021, as medidas de combate ao novo coronavírus, causador da Covid-19, eram mais restritivas quanto às viagens intermunicipais.

O diretor-presidente da autarquia, João Rufino Júnior, explica que, em razão do trabalho continuado do Governo do Amazonas na contenção da pandemia, é possível que a rotina da população comece a voltar à normalidade.

O gestor salienta que protocolos de segurança ainda estão sendo seguidos nesse modal de transporte, como o uso de máscara dentro dos veículos, durante todo o percurso da viagem; a disponibilização de álcool em gel para os passageiros; e a obrigação dos operadores de fazer a limpeza e a desinfecção semanal de ônibus da modalidade regular (viagens entre terminais).

De acordo com João Rufino, a agência registrou em janeiro deste ano mais de 46 mil passageiros, um número quase quatro vezes superior ao registrado no mesmo período de 2021. Isso se deve em razão da flexibilização das medidas sanitárias de enfrentamento à pandemia.

Ele destaca que as mais de 5 mil fiscalizações foram realizadas seguindo as orientações do governador Wilson Lima, de reforçar as abordagens para que a população possa utilizar o transporte intermunicipal em segurança. A flexibilização só está sendo possível em razão do profundo empenho do governo do Amazonas no avanço da vacinação.

Em janeiro de 2022, as equipes da Arsepam realizaram 5.269 fiscalizações nos quatro postos da autarquia nesse modal. Destes, o que registrou o maior quantitativo no fluxo de pessoas foi o Terminal Rodoviário Engenheiro Huascar Angelim (Rodoviária de Manaus), no bairro Flores, zona Centro-sul, com 20.887, de onde, diariamente partem veículos com destino aos municípios da Região Metropolitana da capital, como Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Itacoatiara, entre outros.

Por sua vez, o posto da Ponte Jornalista Phelippe Daou (Ponte Rio Negro), em Iranduba, contabilizou 19.980 passageiros; o da Barreira de Fiscalização Estadual (AM-010 e BR-174), bairro Santa Etelvina, zona norte, teve 4.108; e o da Barreira da Avenida das Flores, bairro Lago Azul (entrada do Viver Melhor 1), zona Norte, teve 1.398.

Com saída de Manaus, os destinos mais procurados pela população em janeiro foram Manacapuru (1°, com 9.272 passageiros), Iranduba (2°, 8.902), Itacoatiara (3°, 7.222), Presidente Figueiredo (4°, 3.109) e Novo Airão (5°, 677). Os municípios ficam situados, respectivamente, a 68, 27, 176, 117 e 115 quilômetros da capital.

Fotos: Marcos Guimarães/Arsepam

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content