Pista cede mais uma vez e interdita BR-319

Inaugurada em 1976, a BR-319 é a única rodovia que liga Manaus a Porto Velho e é conhecida pelas péssimas condições

Várias crateras se abriram e interditaram mais uma vez a rodovia BR-319, nesta sexta-feira (24/09). O asfalto cedeu na altura do quilômetro 118. A rodovia é a única ligação terrestre do Amazonas com as demais regiões do Brasil.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) afirmou que já tomou conhecimento sobre o fato e em breve deve agir para restaurar a trafegabilidade da segunda pista. Segundo a assessoria de comunicação do órgão, ainda essa manhã sairá uma nota à imprensa esclarecendo mais informações do que deverá ser feito.

De acordo com a superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Arlene Lamego, a cratera surgiu a partir de um bueiro, após fortes chuvas que atingiram a região. A correnteza da água causou uma erosão que provocou o desabamento da pista.

BR-319
Inaugurada em 1976, a BR-319 é a única rodovia que liga Manaus a Porto Velho e é conhecida pelas péssimas condições. Tem mais de 800 quilômetros de extensão, porém somente os segmentos localizados próximos às capitais estão asfaltados.

Há trechos não pavimentados que causam prejuízos a quem necessita trafegar pela estrada. As alternativas à rodovia são o transporte aéreo ou por barco, em uma viagem que dura quase uma semana.

Veja os vídeos:

Fonte e Foto: Dnit

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content