Wilson Lima anuncia mutirão de aplicação de segunda dose da vacinação contra covid-19, em Manaus

Vacinação terá início às 9h de sábado (28/08) e segue até às 18h de domingo (29/08) simultaneamente na Arena da Amazônia, no Centro de Convenções Vasco Vasques (primeira etapa) e no Sambódromo

Serão 33 horas de vacinação, começando às 9h de sábado (28/8) e indo até 18h de domingo (29/08), para concluir o esquema de imunização da população com a partir dos 40 anos ou mais, que tenha recebido a primeira dose até 28 de junho. O anuncio foi feito na tarde desta segunda-feira (23/8), pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, ao receber mais de 159 mil doses de vacinas do tipo AstraZeneca, nesta segunda-feira (23/08), no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes.


O mutirão, que será realizado em parceria com a prefeitura de Manaus, terá início às 9h deste sábado (28/08) e segue até às 18h de domingo (29/08) simultaneamente na Arena da Amazônia, no Centro de Convenções Vasco Vasques (primeira etapa) e no Sambódromo. Os demais pontos de vacinação da prefeitura de Manaus vão funcionar no horário habitual.


“Manaus vai parar mais uma vez para a aplicação da segunda dose da vacina. Então é importante que todos possam comparecer. Nós estamos antecipando em 15 dias a segunda dose, então quem tomou a primeira dose até o dia 28 de junho deve comparecer a esses postos de vacinação extras que serão montados”, disse o governador.

Segundo o titular da Secretaria de Estado da Saúde (SES-AM), Anoar Samad, o mutirão é uma oportunidade para quem, por algum motivo, não pode comparecer nos postos de vacinação nos horários habituais. “Vamos completar a imunização de vocês, não percam a oportunidade, procurem o posto de vacinação e no final de semana nós estaremos ajudando a Prefeitura de Manaus em um grande mutirão para completar a imunização e darmos a esperança para você e para quem você ama”, destacou o secretário.


O diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), Cristiano Fernandes, destacou que o mutirão é mais uma estratégia para intensificar os trabalhos de imunização no Amazonas, como já vem ocorrendo em municípios do interior para o público adolescente.

“Antecipamos a vacinação contra a Covid-19 para faixa-etária entre 12 e 17 anos, então nós já ampliamos quase 60% desse público que foi atendido com a primeira dose aqui na capital. A ideia é nós fazermos também a ampliação para os municípios do entorno, então serão 17 municípios que nós estaremos disponibilizando doses de vacina para essa faixa-etária”, afirmou Cristiano.


Remessas de vacinas
Entre o último domingo e esta segunda, o Amazonas recebeu 212.630 doses de vacinas por meio do Programa Nacional de Imunização (PNI).

Além das 159.250 doses do tipo AstraZeneca que chegaram a Manaus na tarde desta segunda-feira, pela manhã desembarcaram na capital outras 28.080 da Pfizer. No domingo, o Estado recebeu 25.300 doses da Coronavac.

Foto: Diego Peres/Secom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content