Carlos Almeida deixa Casa Civil para se dedicar exclusivamente ao posto de vice-governador

Lourenço Braga Júnior, assume, interinamente, a chefia da Casa Civil do governo do estado, que ficou vago com pedido de exoneração do vice-governador Carlos Almeida.

O vice-governador Carlos Almeida (PTB) pediu exoneração da chefia da Casa Civil do Governo, nesta segunda-feira (18/5), função que exercia desde o primeiro semestre do ano passado. Assume a pasta, interinamente, Lourenço Braga Júnior, então chefe da consultoria técnica legislativa do órgão.

Em carta, direcionada ao governador Wilson Lima (PSC), Carlos Almeida fez um relato da sua história de vida, pontuando a importância dos pais na construção do seu caráter, da sua motivação em assumir o comando da Casa Civil e dos entraves encontrados, que o fizeram desistir da função.

Em tom enigmático, o vice-governador faz analogia com personagens da mitologia grega para se referir a existência de “personagens perigosos”, que estariam agindo dentro do próprio governo, e que teriam influenciado na sua decisão de não continuar no cargo.

O vice-governador Carlos Almeida informou que se dedicará a projetos estruturantes no Governo, alguns deles iniciados ainda no seu trabalho frente à Casa Civil, como programas na área de moradia popular.

Ele agradeceu à equipe que o auxiliou na coordenação e planejamento de ações desenvolvidas na Casa Civil e afirmou que o Governo do Amazonas segue com muito trabalho pela frente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content