Agricultura familiar garante alimentação da população em situação de vulnerabilidade

Desde o inicio da pandemia, a Agência de Desenvolvimento Sustentável do governo do Amazonas já comprou e distribuiu 760 toneladas de alimentos

Para minimizar o impacto econômico da pandemia do novo coronavírus, o governo do Amazonas conseguiu aprovar na Assembleia Legislativa a Lei Nº 5.161, que dispõe sobre a aquisição emergencial de insumos cultivados pelos produtores da agricultura familiar, cadastrados na Agência de Desenvolvimento Sustentável do Estado, para atender a parcela da população suscetível aos riscos ocasionados pela falta de segurança alimentar, bem como garantir alimentação no período da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Desde a provação da lei, a ADS já adquiriu um total de 760 toneladas de produtos, como hortaliças, frutas e verduras produzidas pela agricultura local, que foram repassados às secretarias de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Assistência Social (Seas) e ao Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), responsáveis pela distribuição dos mantimentos a pessoas em vulnerabilidade social.

Nesta segunda-feira (11/5) mais um lote de 82 toneladas de produtos foram comprados pela ADS de produtores dos municípios de Autazes, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Novo Airão, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Manaquiri e Manaus. Um total de 85 agricultores participantes das feiras da Agência e mais 90 produtores rurais, associações, cooperativas e agroindústrias credenciados no Edital nº 003/2019 da instituição, foram contemplados.

Entre os produtos que serão disponibilizados, estão: abacaxi, abóbora, banana, cheiro verde, espinafre orgânico, couve, feijão de metro, banana pacovã, batata doce, limão, macaxeira, mamão, pimenta de cheiro e pimentão. A entrega dos alimentos para o programa Amazonas Solidário será realizada nesta quarta-feira (13/5), a partir das 9h, na Central de Abastecimento da ADS, localizada em Iranduba (distante 27 quilômetros de Manaus).

De acordo com o presidente da Agência, Flávio Antony Filho, também estão sendo comprados lanches preparados pelos feirantes da ADS, como tapioca recheada, mingau, sucos, sanduíches e outros produtos regionais.

Da redação, com informações da assessoria da ADS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content