Secretaria de Justiça e Cidadania torna obrigatório uso de máscaras pelos servidores

A medida visa a contenção da transmissão da Covid-19 entre os servidores e público atendido pela secretaria.

Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju) ressalta a obrigatoriedade do uso de máscaras durante o período de trabalho em atendimento às recomendações da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast) e em consonância com as orientações do Decreto 6.087 do Governo do Estado para contenção do Coronavírus e preservação da saúde de servidores e público atendido.

Para que seja cumprida as determinações, a Seciju tem, desde o surgimento da pandemia da Covid-19, distribuído máscaras a todas os setores da pasta, como também instalou uma fábrica no Núcleo de Custódia e Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPP Palmas) para confecção de máscaras a serem utilizadas por servidores e pessoas privadas de liberdade e também tem recebido doações de máscaras reutilizáveis.

A gerente de Gestão de Pessoas da Seciju, Jacyara Alves da Cunha Ribeiro, informou que tem sido feito um trabalho de cobrança do uso das máscaras de forma pontual junto aos servidores. “Temos passado de sala em sala e falado sobre a importância do uso destes EPI’s (Equipamentos de Proteção Individual), pois é um ato simples e que a partir de agora teremos que tornar como hábito”, ressaltou. Jacyara destacou que a não utilização de máscara pelos servidores é passível de uma advertência verbal.

Sistema Socioeducativo

Mais de 1.500 máscaras descartáveis foram distribuídas durante o início da semana passada nas nove unidades socioeducativas do Estado para serem utilizadas pelos servidores. Diante disso, o gerente do Sistema Socioeducativo da Seciju, Jardel Alves, esclareceu como tem sido feita a gestão dos EPI’s entre os servidores nas unidades. “Temos trabalhado em consonância com as orientações do Núcleo de Saúde do Sistema Socioeducativo, que tem divulgado informativos para os gestores das unidades e que também criou o plano de contingência, que implementa ações de segurança e boas práticas”, discorreu.

O gerente afirmou ainda que o uso está sendo feito de forma contínua e perdurará o quanto for necessário. “Não abriremos mão da segurança de nossos servidores”, disse.

Sistema Penitenciário e Prisional

Somente na última semana, os Sistemas Penitenciário e Prisional do Tocantins (Sispen/TO) recebeu mais de 2 mil máscaras descartáveis, produzidas pelos presos da CPP de Palmas, e mais 600 máscaras reutilizáveis, doadas pela empresa Embrasil Serviços, que serão distribuídas para a Unidade de Tratamento Penal Barra da Grota e para a CPP de Palmas.

O superintendente do Sispen/TO, Orleanes Sousa Alves, falou como tem sido feita a orientação de uso de máscaras nas 37 unidades penais do Estado. “Todo os gestores do sistema estão orientados pelo Núcleo de Operações, Prevenção e Controle – Covid-19, capitaneado pelo nosso secretário, Heber Fidelis, para que todos utilizem as máscaras”, esclareceu.

Direitos Humanos

A diretora de Direitos Humanos da Seciju, Sabrina Ribeiro de Santana, disse que todos os servidores do setor receberam máscaras e orientações quanto ao uso. “Entregaremos duas máscaras reutilizáveis para cada servidor, além de orientar para a atenção e cuidados no uso”, explicou. Sabrina contou que estão sendo produzidas máscaras de tecido que serão distribuídas entre os servidores.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content