Presos iniciam rebelião na Unidade Prisional do Puraquequara

Detentos rebelados atearam fogo em lençóis e colchões na área de um dos pavilhões

Presos da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) iniciaram uma rebelião por volta das 6h deste sábado (02/05). A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap).

O Grupo de Intervenção Penitenciária (GIP) e forças de segurança da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) – Rocam, COE, Batalhão de Choque, Companhia de Cães – estão no local e já iniciaram as negociações.

A rebelião teve início durante a entrega do café da manhã, quando internos serraram a grade de duas celas e fizeram os agentes de socialização de reféns.

No momento, sete agentes estão em poder dos detentos. Eles exigem a presença da imprensa e dos direitos humanos. Não há informações sobre mortos.

Os detentos rebelados fazem reivindicações de melhorias e pedem a presença de representante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional do Amazonas.

Em vídeo divulgado pelos detentos, parte do pavilhão aparece em chamas. Além disso, alguns funcionários seriam feitos de reféns.

Da redação, com informações da Seap

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content