ACRE- Desbravadores promovem atividades virtuais para crianças e adolescentes durante pandemia

Desde o início da quarentena os desbravadores do estado do Acre empregaram seu tempo em trabalhos artesanais, arrecadação de alimentos e doação de sangue.

As medidas restritivas adotadas pelo governo do Estado do Acre desde o dia 17 de março, levaram os Clubes de Desbravadores a adotarem as medidas de proteção e segurança para quase mil adolescentes e juvenis que participam das atividades em todo o Acre, na faixa etária de 10 a 15 anos.

Um dos objetivos do Clube de Desbravadores é ensinar habilidades especificas e hobbies aos desbravadores de modo que eles tenham maior satisfação à vida, podendo ocupar seu tempo com realizações proveitosas. Desde o início da quarentena os desbravadores empregaram seu tempo em modelar artigos de madeira, plástico, papel, feltro, fios, desenho. Além da arrecadação de alimentos e doação de sangue. Os diretores desses clubes não têm poupado esforços para que as atividades requeridas sejam colocadas em prática por esses meninos e meninas.

A desbravadora Edilane Lopes, 15 anos, participa das atividades do clube Tigres na Fé, explica que as reuniões virtuais foi uma boa forma de permanecerem unidos. “Eu estou achando muito legal. Estamos passando por um momento muito difícil e essa é uma forma de nos mantermos conectados e ajudando uns aos outros. Estamos interagindo em muitas atividades e nos conectando ainda mais com Deus”, comenta a desbravadora.

Emili Fernandes, 14 anos, também do clube Tigres na Fé, comenta estar muito feliz e acha muito importante os momentos das brincadeiras mesmo sendo a distância. “Participo do clube há 3 anos e quando foi dito que íamos ficar distante foi bem triste. E essa é a melhor forma de estarmos juntos, pelo menos por enquanto”.

O diretor Alexandre Belmiro do Clube Lobos do bairro Rosalinda, região do Segundo Distrito, vem realizando as atividades de estudos da natureza e saúde há cerca de um mês. “Temos procurado durante esse tempo nos manter próximos desses juvenis, mesmo que de maneira virtual, buscando conscientizá-los, principalmente, dos cuidados que devem ser tomados durante esse período de isolamento social”, enfatiza.

Semanalmente desafios relacionados ao crescimento físico, mental e espiritual são lançados para que os juvenis se mantenham com a mente e corpo, ocupados e saudáveis.

Xeiner Barbosa, que é diretor do Clube Guarani da região central da cidade de Rio Branco, também tem realizado reuniões virtuais. “As gincanas bíblicas, conhecimentos gerais, são uma forma que encontramos de motivar os nossos juvenis. Com o acompanhamento que temos feito, identificamos pessoas próximas a esses juvenis que estavam necessitando do nosso apoio em relação ao alimento. Temos arrecadado cestas básicas e distribuído para essas famílias”.

O que é o Clube de Desbravadores?

Os desbravadores são meninos e meninas com idades entre 10 e 15 anos, de diferentes classes sociais, cor e religião. Reúnem-se, em geral, uma vez por semana para aprender a desenvolver talentos, habilidades, percepções e o gosto pela natureza. Os desbravadores vibram com atividades ao ar livre. Gostam de acampamentos, caminhadas e exploração nas matas. Sabem cozinhar ao ar livre, fazendo fogo sem fósforo.

Esses juvenis demonstram sua disciplina através da ordem unida e tem a criatividade despertada pelas artes manuais. Combatem o uso do fumo, álcool e drogas. Em tudo o que fazem procuram desenvolver o amor a Deus e à Pátria e, além disso, fazem muitos amigos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content