Aliança entre três gigantes chineses lança o ‘AirDrop para Android’

Como quase tudo dentro do universo Apple, as transferências de arquivos também se dão via um serviço nativo (o AirDrop), que usa uma combinação de Bluetooth e wifi para emparelhar seus dispositivos. Agora, um novo protocolo de transferência de arquivos sem fio vai ligar celulares que rodam o MIUI da Xiaomi, o ColorOS da Oppo e o FuntouchOS da Vivo (todos baseados no Android).

O novo protocolo se fez conhecido através de um comunicado no WeChat na conta MIUI oficial da Xiaomi. Segundo a publicação, será usado Bluetooth e WiFi P2P (ponto a ponto) para a transferência de dados entre dois dispositivos. A velocidade esperada é de, no mínimo, 20 MB/ s, podendo ser maior, a depender dos dispositivos envolvidos.

A Xiaomi, na publicação no WeChat, chamou outros fabricantes a se juntarem à iniciativa, nomeada de Peer-to-peer Transmission Alliance (ou “Aliança para Transmissão Ponto-a-ponto”). A versão beta deve ser lançada ao fim deste mês.

Entrada da Huawei na aliança é aguardada

Enquanto a própria Xiaomi tem o ShareMe, a Google disponibiliza o Fast Share – que, por conta da inclusão das fabricantes chinesas à lista negra do governo americano, não pode ser usado por telefones fabricados na China. O consumidor chinês estaria ansioso por absorver soluções para sistemas americanos ausentes por conta do embargo.

Assim, um “AirDrop para Android” não tem como dar errado: segundo dados recentes da empresa de pesquisa global especializada em produtos móveis e de tecnologia Counterpoint Research, Xiaomi, Oppo e Vivo respondiam, no último trimestre de 2019, por quase 50% dos smartphones vendidos no país. O que se especula é se a Huawei, que detém sozinha 34% do mercado doméstico, vai se unir à aliança.

Fonte: tecmundo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Skip to content